A perseguição religiosa aos cristãos que vivem na Índia tem tem sido um problema constante há anos, e não mudou mesmo durante a pandemia do novo coronavírus. Em um caso recente, radicais hindus utilizaram cobras para ameaçar um pastor local.

A denúncia foi publicada pela Report Christian Persecution, que desde 2016 já relatou  1.961 casos de perseguição religiosa contra os cristãos na Índia. Boa parte deles são vítimas do extremismo religioso e mais recentemente do ultranacionalismo.