Em um dos oito ataques contra cristãos desde que o confinamento foi parcialmente suspenso na Índia, há duas semanas, uma multidão de cerca de 150 pessoas arrastou um pastor para a rua e o espancou enquanto ele fazia uma oração por uma pessoa doente. O caso foi registrado na aldeia Kolonguda, no estado de Telangana, na região sul da Índia.