Após ter seu marido preso por envolvimento com drogas, a líder cristã Karen Vinyard iniciou um ministério de ressocialização de detentos, como voluntária. Ela foi questionada do por quê fazer isso, mas já tinha a resposta certa: “Meu marido está preso.”

Quando seu esposo foi detido, sua filha ainda tinha 10 anos. Mesmo assim, elas não desanimaram e seguiram suas vidas. Sua filha se formou e casou, enquanto Karen prosseguiu com o seu novo ministério.